sexta-feira, 17 de junho de 2011

Diário de Um Bruxo Solitário: A Lua Renascida

"Luna mater dona eros
Mater luna dona eros
Aperio - aperio -
Noctis mysterium"
Aradia, Gaia Consort

Renascida. Majestosa. Soberana. A Rainha da Noite voltou para o seu Povo.
O último eclipse me deixou com uma sensação fúnebre e de desesperança. A Lua parecia triste e pálida, mas, eis que ontem, eu A vi novamente, e o que meus olhos viam era uma Lua cheia revigorada. Ela estava vermelho sangue, o sangue da vida e da morte. Ela havia renascido e este foi o sentido daquele eclipse para mim: a morte temporária da Senhora para que Ela pudesse se retirar momentaneamente do Mundo dos Homens e consultar os Grandes Deuses por Trás dos Deuses ou os Deuses das Brumas. E Ela voltou com toda a Sua realeza. Ela pairava sobre a cidade segura de Seu poder e de Seus domínios.
Com Ela eu também renasci, pois quando decidimos nos conectar com algum corpo celeste ou terrestre, estaremos inevitavelmente ligados à seus ciclos através da instauração de uma simbiose.
A Dama voltou mais forte, mais sábia, mais mágica. Sua Arte não desaparecerá e agora tenho certeza que enquanto alguém ainda olhar para a Lua e deixar-se inebriar por seu elixir prateado, os Mistérios se revelarão e sobreviverão – mesmo que apenas pelos lábios e coração de um poeta.

3 comentários:

  1. Lunna Nigrans.•°°•.17 de junho de 2011 11:27

    Absolutamente PERFEITO°

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da forma como vc escreve sobre a bruxaria. Coloca pontos e contra-pontos importantes, além do histórico da religião em si.
    Você está de parabéns pelo blog, estou seguindo e com certeza indicarei também no meu!

    Beijos e um bom final de semana para você!

    http://bruxadathaberna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, seja bem-vinda! Eu procuro escrever sempre de uma forma muito única, abordar assuntos e experiências diferentes sobre a bruxaria e assuntos ocultistas/espiritualistas.
    Fico feliz pela sua visita.

    ResponderExcluir